ENTER

www.chewing-gum.net

Portuguese language translation:
Português

Seja bem vindo ao site de um colecionador de invólucros de chicletes.Talvez ache
interessante minha paixão pela minha coleção.

Cada chiclete tem seu próprio invólucro.Pode ser uma embalagem de papel ou
uma máquina automática de vender chicletes.Minha coleção tem como tema "chicletes".

Existem várias coleções relacionadas a esse tema: - Invólucros e embalagens (sem o chiclete) No 1. - Folhinhas com imagens(colocada dentro do invólucro) No 2. - Embalagens de chicletes (com chicletes dentro delas) No 3. - Coisas relacionadas com chicletes (máquinas automáticas para vender chicletes, acessórios de
venda, matérias de propaganda comercial, etc.). No 4.
#1 #2 #3 #4 #5

Minha paixão é o tema Invólucros de chicletes. Dentro deste tema tenho um subtema
preferido: invólucros de chicletes em forma de plaquinha clássica, retangular (No 5). Só
para esse subtema tenho catálogo detalhado e atribuo a cada invólucro seu próprio
número. No dia 15 de junho de 2005 contabilizei 18043 invólucros de chicletes em plaquinhas.
O total da minha coleção é de 44 mil invólucros e embalagens de chicletes diferentes produzidos em
96 países. Você não acredita nesses números? Leve em conta que sou colecionador há 35 anos. Além disso, minha
coleção não é a maior do mundo. Todo mundo conhece chicletes mas poucas pessoas sabem que
colecionar invólucros de chicletes é uma paixão séria para algumas pessoas. Fiquei preso
por ela ainda na infância, no início dos anos 70. Naquela época, era também colecionador de selos de correio,
etiquetas de fósforos, moedas, etc. Posteriormente, invólucros de chicletes transformaram-se em
minha paixão mais importante. Passei a minha infância em Sebastópol (porto do mar
Negro, atualmente na Ucrânia). Na União Soviética não produziam chicletes. Todos
chicletes eram importados do exterior por marinheiros. Foi exatamente o déficit que originou
interesse extraordinário no chiclete. Vale salientar que o mais interessante para um menino
soviético não foi o processo de mascar mas sim os desenhos admiráveis nos invólucros e
embalagens. Eram considerados mais valiosos os invólucros japoneses, com monstros,
dinossauros, robôs,etc. A propósito, invólucros japoneses e (mais recentemente) coreanos até agora
continuam para mim um tema prioritário graças a sua expressividade, variedade
de desenhos e grande número de séries. Além disso, chicletes japoneses e coreanos têm
sabores mais variados. Alguns deles são únicos. Em 2002, visitei Seul e até agora fico
com a sensação de uma pessoa que encontrou um tesouro. Cada noite, dava uma volta por
pequenas lojas de Seul em busca de novos chicletes e cada vez que voltava ao hotel, estava
com todos bolsos cheios deles.

O chiclete é um produto antigo, patenteado nos Estados Unidos em meados do século 19.
Eu tenho uma caixinha de chicletes com a data de 14 de fevereiro de 1871 exemplar
mais antigo da minha coleção(No 6). Em geral, obtenho novos exemplares graças ao intercâmbio
com meus colegas da República Checa, do Canadá, do Chile, dos EUA, do Japão e da
Coreia. Às vezes, me pedem para trocar por invólucros de chicletes outros ítens de coleção:
moedas, selos postais, cartões telefônicos, marcas de cigarro, invólucros de
chocolate, etc. De vez em quando consigo encontrar algo por anúncios em jornais.

No final, acrescento um breve resumo sobre mim. Meu nome é Valeriy Nossal, sou casado,
tenho uma filha, também casada (não mora comigo) e que também tem uma filha (minha neta). Tenho
ainda um gato e um cachorro. Tenho um emprego ao qual me dedico quando não estou exercendo minha paixão.(7-10).
#6 #7 #8 #9 #10

Você também é colecionador? Seu tema é diferente? Gostaria de intercambiar coisas
comigo? Você tem uma coleção antiga de invólucros de chicletes? Estou pronto para
qualquer cooperação. Contate-me, por favor:

e-mail
site#chewing-gum.net
e-mail


Valery Nosal
P.O.Box 16232
SAMARA-68
443068
RUSSIAN FEDERATION
welcome

English Deutsch Español
Français العربية 中文 日本語
한국어 Polski Português Italiano
Česky Türkçe हिन्दी עברית
Magyar Ελληνικά Norsk Română
Tiếng Việt Dansk Svenska Nederlands
Suomi اردو فارسی

Valery Nosal Copyright 2002-2007